conecte-se conosco


São Mateus

Saúde em São Mateus vira “caos” com debandada de 10 médicos

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – O atendimento na área de saúde em São Mateus que já há algum tempo vinha sendo precário, agora tornou-se ainda pior depois de uma denúncia que teve o protagonismo do prefeito Daniel Santana Barbosa. Conclusão: dez médicos que atendiam na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), pediram demissão. E o que é pior: trabalhavam sem qualquer vínculo empregatício com o município. E, pior ainda: atendiam pacientes nos plantões fora dos padrões determinados pelo Conselho Regional de Medicina (CRM).

Mas os problemas não param por aí. Há notícias dando conta do pedido de exoneração do Secretário de Saúde Eduardo depois que o prefeito em um vídeo que circulou em redes sociais teria anunciado que “cobraria dele” explicações sobre casos de não atendimento de pacientes na UPA, o que gerou o estopim para a crise na saúde no município de São Mateus.

Reprodução: Redes Sociais

A ex-coordenadora da Unidade Vitória Valadares Motta – ela está entre os 10 profissionais que pediram demissão em solidariedade à médica Nayra Fundão que foi repelida no vídeo pelo prefeito Daniel – revelou que a UPA não oferece qualquer condição de trabalho, sem contar que extrapola a quantidade de atendimento preconizado pelo CRM. “A UPA é uma extensão do Pronto Socorro que precisou ser fechado. Os médicos não possuem condições clinicas para trabalhar, faltando o básico para oferecer atendimento condizente a quem a procura”, explicou.

A reportagem tentou por diversas vezes contato com Eduardo para saber se realmente havia pedido demissão e também respondesse sobre a carta de repúdio, mas nas mensagens por telefone remetia que estava em reunião e não poderia atender.

 

Em nota de repúdio os profissionais que atendiam na UPA justificam a razão do pedido de demissão:

 

NOTA DE REPÚDIO

  São Mateus/ES, 11 de setembro de 2018.

Dos profissionais médicos da UPA São Mateus/ES ao Senhor Prefeito Daniel Santana.

Leia mais:  Motociclista sofre acidente neste instante no bairro Sernamby

C/c ao Presidente do CRM Regional São Mateus/ES.

 Nós, médicos da UPA São Mateus, ficamos estarrecidos com a exposição desnecessária, gratuita e midiática feita pelo Senhor Dilton Pinha, junto ao Senhor Prefeito na página “Boca do Trombone” acerca de um atendimento neste serviço. Ações essas que foram divulgadas nas redes sociais com o objetivo de denegrir a imagem médica.

No dia 9 de setembro de 2018, a médica Nayra Fundão deixou o plantão às 17:50h, após 97 atendimentos, previamente acordado com a direção deste estabelecimento. No dia 09 de setembro não havia médico clínico na escala da UPA.  A profissional acima se colocou à disposição para cobrir o plantão na condição de deixar o mesmo até às 18h, pois às 19h assumiria plantão na UMI em Jaguaré/ES. Para cobertura dos atendimentos encontravam-se na UPA os médicos Wandra Prado e Marcos Tafuri. Em nenhum momento a UPA deixou de ter médico presente durante o período do plantão (7-19h).

Segundo informações coletadas com a recepcionista Maria Célia, uma paciente adentrou às dependências da UPA por volta de 18 horas. Ao ser questionada sobre atendimento a recepcionista informou que o mesmo ocorreria a partir das 19h.

Celia relata que não houve resistência por parte da paciente e seu acompanhante, tampouco a paciente relatou o motivo do atendimento, pois uma vez que fosse informado que a mesma apresentava dor, qualquer um dos médicos supracitados estava à disposição para atendê-la. Em seguida o acompanhante saiu ao telefone.

Por volta de 18:15h o prefeito Daniel Santana e Dilton Pinha entraram na UPA. Ao mesmo momento a paciente começou a chorar e falar em tom alto que não tinha recebido atendimento pois não havia médico. A ficha da paciente foi gerada às 18:34h e atendida imediatamente pelo médico Marcus Tafuri.

O que se viu foi uma total falta de respeito, com difamação da reputação de médicos em uma atitude desrespeitosa e lamentável. Nossos colegas e os usuários da internet puderam assistir às cenas de opressão, constrangimento e consternação dos citados em vídeo.

Leia mais:  Governo do Estado anuncia R$ 277,26 milhões em investimentos

Após a divulgação dos vídeos no Facebook ocorreu uma verdadeira campanha de desvalorização do profissional envolvido, que foi exposto e se sentiu constrangido pelo efeito catastrófico da publicação que incitou o ódio da população contra ele e os demais profissionais, com comentários jocosos e desrespeitosos. Houve ainda a generalização de toda uma categoria profissional. Mesmo trabalhando em condições precárias, atendendo mais que o dobro preconizado pelo CFM por plantão (40 pacientes a cada 12h), sem equipe de limpeza e de segurança adequadas, com falta de exames e de mão de obra especializada, somos constantemente insultados.

Não satisfeito com o ocorrido o Sr. Dilton vem por vários episódios insistindo em ofender a reputação médica, e em forma de perseguição faz diversas publicações de caráter difamatório. Não é segredo o objetivo deste blog desde sua criação, bem como os inúmeros processos por calúnia e difamação que o mesmo apresenta.

Citamos ainda ocorrido em 8 de setembro de 2018, por volta de 22:30h, onde um homem armado adentrou nas dependências da UPA, rendeu pacientes e o motorista da ambulância, gerou pânico local e saiu em posse de uma caminhonete e um cordão de ouro. Fato esse que pode ser comprovado via boletim de ocorrência feito no ato. Nos causa estranheza que o ocorrido não tenha repercutido no mesmo blog. Fica comprovado a vulnerabilidade do serviço e a objetivo de induzir a população a estar contra o servidor público.

Nós, médicos, trilhamos um duro caminho para atingir o objetivo de atender nossos pacientes da melhor forma possível, mas são necessárias condições mínimas para que isso ocorra. Somos cobrados pela sociedade por resultados imediatos, mas não temos as ferramentas necessárias para tal. Atendemos uma demanda infinitamente superior a ideal em todos os níveis de atenção e isso certamente compromete a qualidade da prestação de serviços. Muitas vezes somos cobrados por produtividade em detrimento à qualidade de atendimento, movidos pelas diretrizes e repasses financeiros entre as diferentes esferas de governo.

Leia mais:  DER retoma obra de duplicação da rodovia São Mateus-Guriri

Nos posicionamos terminantemente contrários à exposição da imagem de qualquer profissional médico em seu exercício profissional, bem como a divulgação de seus nomes em qualquer tipo de mídia. Esperamos que situações semelhantes não sejam reincidentes, e desejamos que, assim como o escárnio foi público, que a retratação também seja.

Espera-se do Senhor Prefeito que procure se empenhar em melhorar os padrões dos serviços médicos e em assumir sua responsabilidade em relação à saúde pública, à educação sanitária e à legislação referente à saúde. Também se espera que seja solidário com os movimentos de defesa da dignidade profissional, seja por remuneração digna e justa, bem como por condições de trabalho compatíveis com o exercício ético-profissional da medicina e seu aprimoramento técnico-científico. Desejamos que a gestão seja baseada no diálogo com os profissionais da rede, cujas considerações e vivências não podem e não devem ser ignoradas.

Por fim pedimos o desligamento dos profissionais médicos que não concordam com a maneira em que a situação acima foi colocada, bem como não acreditam que exposição midiática sem diálogo entre os envolvidos vá resolver qualquer falta que exista no âmbito da saúde. Não podemos permitir que nossa reputação seja denegrida.

Atualmente o corpo clínico da UPA é composto por 6 médicos efetivos, 1 médica em licença maternidade e 14 médicos contratados, dos quais 10 pedem o desligamento imediato. Pedimos também a exclusão dos dados dos profissionais do CNES.

Estão abaixo listados os médicos lotados nesta instituição e que concordam na totalidade com o descrito acima.

Este documento torna-se válido a partir da sua entrega e divulgação.

 


Abaixo segue vídeo do prefeito Daniel na internet:

publicidade
1 comentário

1 comentário

  1. lulu lulu

    13 de setembro de 2018 a 02:34

    que nada vcs medicos são todos mercenarios infelizmente trata a população pior que cachorro não merecem os salários que recebem , agora o prefeito está fiscalizando e cobrando estão se rebelando vai embora somi outros que realmente queiram trabalhar viram vcs mercenarios que abandonaram os paciêntes não vão fazer falta.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

São Mateus

Polícia Militar prende acusado de matar jovem na BR 101 em São Mateus

Publicado

em

SÃO MATEUS (ES) – A Polícia Militar agiu rápido e prendeu no início da noite desta sexta-feira (21), Adilson Caetano da silva Junior, 28 anos, morador do bairro Alvorada, acusado de ser o autor dos disparos que vitimou o jovem B.F.C.de 23 anos no canteiro da BR 101, no perímetro urbano da cidade.

Durante patrulhamento nas proximidades da rodovia, próximo à entrada do bairro Santo Antônio, os policiais avistaram Adilson em atitude suspeita e o mesmo tentou fugir, mas foi alcançado pelos militares próximo a empresa Telemat. Policiais ainda fizeram buscas nas proximidades para achar a arma usada no crime, mas a mesma não foi localizada.

Segundo informações da Polícia Civil, Adilson tem quatros passagens na polícia, sendo por porte ilegal de armas e tráfico de drogas.

Adilson foi encaminhado para a Delegacia Regional de São Mateus. Em seu depoimento o acusado negou todas as acusações e foi transferido para o Centro de Detenção Provisória.

 


Mas informações a qualquer momento.

Leia mais:  Três pessoas são soterradas em Afonso Cláudio
Continue lendo
Regional18 minutos atrás

Duas pessoas feridas em acidente na rodovia que liga Nova Venécia a São Mateus

NOVA VENÉCIA (ES) – Duas pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave, após sofrem um acidente na noite desta...

Economia1 hora atrás

Mesmo sem reajuste da Petrobras, preço da gasolina sobe e chega a R$ 4,652

Agência Brasil Preço da gasolina sobe 0,52% e fecha semana em alta pela quarta vez consecutiva O preço da gasolina...

Entretenimento1 hora atrás

“Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812” traz novo conceito de fazer musical

“Dá uma estudadinha antes, por favor”, esse é o aviso que a contagiante música inicial do espetáculo dá ao público,...

Mulher1 hora atrás

Lubrificação feminina: é normal “ficar seca” na hora do sexo? Delas responde

Diferente do homem, a mulher depende muito do próprio nível de excitação para ter prazer no sexo . Isso porque...

Região1 hora atrás

Aeroporto de Linhares terá capacidade para receber aeronaves com mais de 130 passageiros

LINHARES (ES) –  o governador Paulo Hartung realizou uma visita ao Aeroporto de Linhares, que está em obras de ampliação...

Educação1 hora atrás

MPES denuncia “Professor Nota 10” por uso de diplomas falsos

VITÓRIA (ES) – O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça Criminal de...

Polícia Federal2 horas atrás

PF combate grande grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros

Campo Grande/MS – A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (22/9) a Operação Nepsis,  para desarticular organização criminosa de grande porte...

São Mateus

Regional

Estadual

Nacional

Policial

Mais Lidas da Semana